Diary of me
Gabriela, 20 anos.
"Não sei me dar pela metade ou por partes. Eu transbordo."
Questiono-me sempre se sou solitário ou carente.”
Desejos de Arthur. (via azulciano)
Ele mexe comigo, esse garoto. Sempre. É sua única desvantagem. Ele pisoteia meu coração. Ele me faz chorar.”
A Menina que Roubava Livros. (via azulciano)
A maior parte do mundo estava doida. E a parte que não era doida era furiosa. E a parte que não era doida nem furiosa era apenas idiota.”
Velho Bukowski. (via azulciano)
E você continua escrevendo sua história pulando linhas, errando palavras, esquecendo os títulos.”
Tati Bernardi. (via azulciano)
Acho que no fundo somos sempre sós. Pode ser que você encontre um amor, um punhado de amigos, o conforto familiar. Mas ninguém te livra dos pesos da vida. A gente nasce e morre sozinho. E tudo bem, tudo bem, não tem drama nenhum nisso. É claro que é bom ter gente pra rir e chorar, mas entenda: no fundo é sempre você. E você.”
Clarissa Corrêa.   (via cerejeiro)
Querer, a gente quer muita coisa. Mas quase sempre é um querer preguiçoso, um querer que não nos impulsiona a levantar da cadeira, ainda mais quando nosso projeto tem 0,5% de chance de sucesso. É difícil conseguir o que se quer. Só se torna menos difícil quando se quer mesmo. Pena que alguns só querem mesmo é ser rico ou ser gostosa. O que todos deveriam querer, mas querer mesmo, é fugir da mediocridade.”
Martha Medeiros.    (via cerejeiro)
Eu tinha amor.
Mas não de quem precisava.”
Alugue Felicidade.    (via azulciano)
Li
em teus lábios
selados
que tua boca
queria um beijo meu.”
Poeticências.  (via penejar)